quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Homem é espancado até a morte na cadeia pública de Balsas

O preso Valdiano Fernandes da Silva, 27 anos, foi transferido da cidade de Fortaleza dos Nogueiras há 92 quilômetros de Balsas na ultima sexta feira, ao chegar na cadeia pública de Balsas ele foi espancado pelos outros presos.


Valdiano

Gravemente ferido ele foi encaminhado para o Hospital e Pronto Socorro Balsas Urgente, depois de receber os primeiros atendimentos foi encaminhado para Imperatriz onde não resistiu e veio a óbito.

Ainda de acordo com informações de um agente penitenciário, um outro preso foi queimado pelos companheiros de cela, o preso não teve a identidade divulgada, mas segundo informações ele foi encaminhado para o hospital e não corre risco de morte.

Valdiano era réu primário. 

Preso Valdiano - Imagem Janeto Oliveira
A informação foi confirmada pelo Delegado Regional de Balsas, Eduardo Galvão, que ressaltou ainda que o crime pode ter sido ocasionado pela superlotação da cadeia pública de Balsas, problema mostrado aqui no blog - FGBALSAS

Acompanhe o vídeo sobre as condições precárias da cadeia em Balsas.


Por meio de nota, a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) afirmou que um
inquérito foi instaurado. COnfira a íntegra da nota abaixo:

A Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) informa que o detento Valdiano Fernandes da Silva, de 27 anos, que cumpria pena na Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Balsas, morreu em hospital de Imperatriz, na noite desta terça-feira (28). Inquérito foi instaurado na 11ª Delegacia Regional de Balsas para apurar o caso.
De acordo com a direção da UPR de Balsas, na manhã do domingo (26), durante uma briga entre presos, o detento Valdivino Fernandes foi espancado por outros quatro companheiros, tendo sido socorrido por agentes penitenciários de plantão.
Valdiano Fernandes da Silva foi levado para hospital em Balsas e, depois, transferido para Imperatriz, mas não resistiu aos ferimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário